Mais comida!

Devido ao enorme sucesso do post de comida, resolvi colocar o resto das fotos que tirei das refeições que fiz. Incluindo os cafés da manhã…

IMG_2000IMG_151020121228_070919

Hiroshimayaki, o okonomiyaki de Hiroshima

IMG_1992IMG_1993IMG_1995IMG_1994

 

IMG_2416IMG_2040

Comida de Osaka

IMG_1881 IMG_1880 IMG_1883

Osoba, o prato original e a cópia da vitrine do lado (tudo bem, eu já tinha bagunçado o primeiro mesmo)

IMG_1592 IMG_1593

 

Jantares…

IMG_1590  20130204_115902IMG_0828IMG_0207

E mais comida de rua:

IMG_0365 IMG_0360 IMG_0359 IMG_0361 IMG_0358 IMG_0357 IMG_0356   IMG_0158 IMG_0155 IMG_0152IMG_0151IMG_0160

Advertisements

Shinkansen x Aviao

Inevitavel a comparacao entre o trem bala e o aviao. O preco das passagens é praticamente o mesmo e ai vc fica se perguntando pq nao vai todo mundo de aviao, afinal, o aviao voa a uma velocidade de cruzeiro de 900 km/h enquanto que o shinkansen vai a “apenas” 270km/h. No entanto, viajar de trem pode ser nao so uma experiencia mais agradavel, mas pode acabar sendo mais rapido.

Fiz uma pequena lista comparando as vantagens de um meio de transporte:

Aviao
– Velocidade: Qt maior a distancia, mais rapida se torna a viagem quando se compara com o shinkansen
– Sem escalas: Em geral sao pouquissimas ou nenhuma escala, no trem, mesmo nos expressos, ele para pelo menos algumas vezes.
– Cobertura: Embora haja outros expressos que chegam a 150km/h em cidades medias, o shinkansen cobre apenas as principais cidades das ilhas de Honshu e Kyushu do Japao.

Shinkansen
– Pontualidade: Rarissimo haver atrasos. Ate mesmo os 5 minutos que nao se considera como atraso nos aeroportos, sao considerados como atraso no shinkansen
– Seguranca: acumula apena uma morte em seus mais de 40 anos de historia, e pelo que entendi, foi por causa de algo que ficou preso nas portas de alguma pessoa. Tudo isso com  alguns bilhoes de passageiros transportados em toda sua historia. É simplesente o sistema de transporte mais seguro do mundo.
– Agilidade no embarque e desembarque: As paradas raramente tem mais de tres ou quatro minutos e comumente tem apenas um minuto. Nao ha chek-in ou revista de bagagens.
– Conforto:  Estou escrevendo isso dentro de um aviao e a diferenca é simplesmente gritante. O espaco da classe economica do trem é praticamente igual ao da classe executiva de aviao. E olha que nem falei de compressao e descompressao da cabine ou mesmo umidade do ar.
– Conforto 2: Ha servicos com maquinas de refrigerantes, cabine para fumantes e possibilidade de circular pelo trem, de ponta a ponta, para quem gosta de dar uma esticada nas pernas. Ah, os bancos viram para tras tb para o caso de vc querer viajar conversando com alguem atras de vc.
– Conforto 3: Nao balanca e faz bem menos barulho
– Visual: O visual da viagem é simplesmente espetacular. Viajar com o Monte Fuji te acompanhando por meia hora é uma experiencia que recomendo a todos que vieram para o pais. Se for no final da tarde, melhor ainda.
– Saida do centro da cidade: Poder ir para um local a 400km de distancia em menos de duas horas, desde a hora que você sai de casa, ate a chegada no destino, é algo que nenhum outro transporte coletivo podem oferecer. É isso ou helicoptero.
– Railpass: Similar a outros paises principalmente da Europa, vc pode adquirir o railpass e viajar ilimitadamente durante o periodo de vigencia. É caro que doi, mas se vc for se deslocar muito entre cidades grandes de 3 em 3 dias, por exemplo, vale muito a pena.

Aprendendo japonês – Guia Pratico

O primeiro dos mitos que se deve desfazer ao vir para o Japao é que com ingles da pra se virar bem. Na verdade o japones tem ingles nas escolas publicas desde muito pequenos, mas ha dois problemas em relacao a isso. O primeiro é que o ingles que eles tem é principalmente escrito e mesmo qd tive a oportunidade de conversar com 3 professores de japones, a maioria deles tinha um japones extremamente limitado e raramente entendiam o que eu dizia. Meu ingles nao é exatamente perfeito, mas nunca tive problemas para qqr nativo da lingua me entender, assim concluo que o problema é com eles e nao comigo. O outro problema que se soma a essa é a limitacao fonetica da lingua japonesa. Apesar de extremamente rico em seu conteudo, foneticamente é um idioma muito limitado. Pra se ter uma ideia dessa dificuldade, minha avó por exemplo, é incapaz de ouvir a diferenca entre a letra L e a letra R, quando escreve, ela pergunta se é o “ere” alto (l) ou o “ere” baixo (r). Resultado, depois de mais de 80 anos vivendo aqui no pais ela ainda fala com um sotaque muito carregado.

Dito isso, vamos aprender japones!

Computador Pessoal:  passokon
Loja de departamentos: depato
Loja de conveniencia: konbini
Banana: banana
Balcao do hotel: furonto
Cinto de seguranca: shiito beruto
Câmera fotografica: kamera
Colher: supun
Televisao: terebi
Esqui: suki
Aspargo: Asupara

Em outras  palavras, se nao souber o nome de algo, arrisque um inglês com sotaque japones bem forte. Ha boas chances de vc acertar!